Mil milhões de euros para 2ª fase do projecto de Vilamoura

Marina_VilamouraApresentado esta terça-feira, o master plan correspondente à segunda fase do empreendimento de Vilamoura prevê um investimento de mil milhões de euros para a construção de projectos turísticos e de lazer e imobiliária.

Apresentado em cerimónia que contou com as presenças do ministro da Economia, António Pires e Lima, e do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, o master plan referente à segunda fase do empreendimento de Vilamoura abrange uma área de 400 hectares onde se inclui uma área de construção bruta de baixa densidade de 680 mil m2, totalmente aprovada.

O plano estima o desenvolvimento de 18 projectos, com áreas entre os 1,5 e os 168 hectares, em que se combinam usos residenciais, de lazer, de turismo e de retalho. Todos os projectos estão prontos para venda.

O master plan da nova fase do empreendimento tem por base seis temas, concretamente, Vilamoura Marina, Vilamoura Golf, Vilamoura Active, Vilamoura Villages, Vilamoura Estates e Vilamoura Lakes.
Desenvolvendo-se numa área com 250.000 m2 de paisagens naturais, o Vilamoura Lakes, que substitui o empreendimento anteriormente denominado Cidade Lacustre, será o activo principal. Abrangendo paisagens lacustres e criando um dos principais lake resorts da Europa, o Vilamoura Lakes vai incluir 1.900 unidades residenciais, cinco empreendimentos turísticos com 3.600 camas, lojas e restaurantes.
Foram também apresentados detalhes do plano de melhoria da área da Marina, que inclui um novo e icónico Yacht Club internacional, um spa e ginásio, assim como três restaurantes e lojas.

O grande objective deste plano é, segundo o CEO de Vilamoura, Paul Taylor, “transformar esta excelente localização no destino turístico líder no Algarve”.