Mobile será grande foco das marcas em 2018

A Travelport acaba de revelar quais vão ser as grandes tendências do sector das viagens em 2018 tendo por base um estudo efectuado pela multinacional que conclui que o grande foco residirá no mobile.

Os resultados do relatório da Travelport que envolveu entrevistas a líderes de opinião, a 55 especialistas do sector de 5 continentes e pesquisas com 995 viajantes de todo o mundo, colocam em destaque o mobile como sendo o factor base do envolvimento do cliente com as marcas, com as aplicações para smartphone a liderarem o caminho.

“Ainda que muitos prevejam o declínio da utilização das apps, a verdade é que, em 2017, o número total de downloads atingiu os 197 mil milhões contra os 149 mil milhões no ano anterior. Estima-se que, em 2021, este número aumente para os 352 mil milhões. Para além disso, pesquisas recentes da Travelport Digital descobriram que 82 por cento dos viajantes estavam a descarregar o mesmo número ou mais de aplicações de viagens comparativamente a 2016”, sublinha a multinacional.

Segundo a Travelport, o consumidor é quem vai escolher como se quer relacionar com as marcas que terão que incorporar nos seus pontos de contacto, ferramentas como o chat ou o messenger, de forma a melhorar a experiência de consumo e a descobrir a melhor forma de “falar” com os clientes. Por outro lado, a tendência de aplicações all-in-one – ou seja, a “combinação” de dados dos segmentos (hotéis, rent-a-car, etc.) com o itinerário do viajante – estará cada vez mais presente.

“O mobile desempenhará um papel fundamental na experiência do “dia de viagem”, permitindo que as empresas ofereçam proactivamente um serviço sem condicionalismos” avança a Travelport, que afirma também que os pagamentos por smartphone, através de moedas oficiais ou digitais serão cada vez mais significativos.

Segundo a multinacional, “as empresas devem conhecer os viajantes usando três critérios: tempo, localização e contexto”, situações em que o smartphone se torna “uma fonte vital de dados já que toda a gente anda com este dispositivo para todo o lado”.

O relatório completo pode ser visto em: https://we.tl/rkdl1JnByN.