MSC cresce quase 15% em Portugal

O director-geral da MSC Cruzeiros em Portugal, afirma que 2016 “foi, novamente, um ano extremamente positivo” para a companhia de cruzeiros “a todos os níveis. Atingimos todos os objectivos previstos para este ano, somos líderes de mercado pelo quarto ano consecutivo em Portugal e continuamos a inovar seja em novos destinos”, seja “em novas parcerias”.

Eduardo Cabrita comentava os resultados da MSC Cruzeiros que terminou o ano de 2016 com um total de 20.542 passageiros portugueses, um número superior ao do ano anterior (17.894), o que corresponde a um aumento de 14,8% face ao ano de 2015. Segundo o MSC Market Intelligence Cruise Monitor, a quota de mercado da companhia em Portugal teve assim um aumento de 1,2%, atingindo deste modo cerca de 41%.

Os itinerários mais procurados pelos portugueses, à semelhança do ano passado, continuam a ser os do Mediterrâneo (cerca de 40% do total dos passageiros) e o Norte da Europa (cerca de 32% do total dos passageiros), sendo os cruzeiros com saídas e chegadas a Barcelona, Veneza, Kiel ou Copenhaga os mais vendidos. Além disso, as saídas e chegadas ao porto de Lisboa (cerca de 20% do total dos passageiros) continuam a ser uma grande aposta da companhia, que apresentou em 2016 uma operação com saída e chegada a Lisboa entre Outubro e Novembro, a bordo do MSC Splendida, pela primeira vez com um navio da classe Fantasia a realizar este itinerário.

Ainda segundo Eduardo Cabrita, “enquanto o ano de 2016 foi de optimização de itinerários, de consolidação de mercados-chave e de afinação da estratégia global comercial, o de 2017, com a entrega dos nossos dois novos e ultramodernos navios de próxima geração – MSC Meraviglia e MSC Seaside – prevemos continuar com novos crescimentos sustentados especialmente na Europa, onde predomina o nosso core-business”.