Mundo Abreu com três regiões nacionais convidadas

A 12ª edição do Mundo Abreu vai trazer uma novidade já que, em vez de haver apenas uma região nacional convidada, em 2014 serão três: Açores, Algarve e Alentejo, avançou ontem o director da Abreu, Diamantino Pereira, durante um briefing com a imprensa. ?Os Açores desde sempre estiveram com o Mundo Abreu?, afirmou Diamantino Pereira, justificando assim o facto de a região ser este ano um dos destinos nacionais convidados. Já no que se refere ao Algarve, o responsável frisou que a região ?vai apostar forte? na feira e que após ?os resultados extraordinários da edição passada, não teve dúvidas em reforçar a sua participação no Mundo Abreu?. O director da Abreu especificou ainda que o Algarve irá contar com uma área exposicional em torno dos 630 m2, na qual estará representada a Associação Turismo do Algarve e os hoteleiros da região. Diamantino Pereira avançou ainda que ?vamos fazer algo inédito em relação ao Algarve? já que ?pela primeira vez vamos produzir uma brochura para o Algarve, dentro da Portugal Sensacional?. A propósito, acrescentou ainda: ?Queremos fazer do Mundo Abreu um grande momento das vendas para o Algarve?. Ainda de acordo com o responsável, ?outra região que vai ter muita notoriedade será o Alentejo?, o que, para os organizadores do Mundo Abreu, significa produto: ?No Mundo Abreu não concebemos, nem aceitamos, qualquer participação se não tiver produto agregado, sejam hotéis, sejam pacotes?. Quanto a brochuras, Pinto da Silva, responsável pelo Mundo Abreu, avançou que vão ser publicadas várias: ?vamos ter o Portugal Sensacional geral, o Portugal Sensacional do Algarve, está em negociação podermos ter uma brochura exclusiva também para o Alentejo, e o Jornal geral, dividido em dois: há um TAP para todos os destinos em voo TAP e outro que engloba todos os outros destinos, e também os cruzeiros?. O responsável avançou também que ?em 2014 vamos aumentar as tiragens, tanto do Portugal Sensacional como do Jornal geral?. Já Diamantino Pereira esclareceu ser possível que, no conjunto das brochuras, ?é possível que cheguemos às 400 mil?. J.L.E.