Município de Santa Maria da Feira reabilita Quinta do Castelo

Espaço com mais de três séculos de história, a Quinta do Castelo, situada numa das encostas do Castelo da Feira, é um dos ex-libris de Santa Maria da Feira. O espaço vai ser alvo de um amplo projecto de reabilitação, num investimento de quase dois milhões de euros. Gil Ferreira, vereador da Cultura e Turismo de Santa Maria da Feira, deu-nos alguns pormenores.

Representando um “investimento orçado em 1.822.138,46 euros, acrescidos de IVA à taxa legal em vigor”, o início do projecto de reabilitação da Quinta do Castelo, esta previsto para “Fevereiro de 2018”, avançou ao Turisver.com o vereador da Cultura e Turismo do município de Santa Maria da Feira, Gil Ferreira.

De acordo com o autarca, o projecto contempla intervenções de arquitectura paisagista, arquitectura, fundações e estruturas, infra-estruturas hidráulicas, infra-estruturas eléctricas, infra-estruturas de telecomunicações, instalações e equipamentos mecânicos numa área total de 4 hectares. Estas grandes áreas de intervenção serão “decompostas em 28 acções de requalificação previstas no projecto” que, avança Gil Ferreira, “pretendem reorganizar o espaço, salvaguardando a sua memória e identidade, de forma estrutural e sustentável, para um maior e melhor usufruto do seu património cultural e natural pelos residentes e visitantes de Santa Maria da Feira”.

Entre as muitas intervenções merecem destaque a recuperação do lago e da gruta, a construção de zonas específicas para acolhimento de instalações temporárias de campismo e de estacionamento e a recuperação de um antigo edifício para apoio às actividades no parque. Será ainda recuperada a estrutura de vegetação e plantadas árvores e arbustos, definidos novos caminhos e deslocado o Portão da Cruz (Porta da Cerca), para a entrada principal da quinta.

De acordo com a autarquia, o projecto “envolveu uma equipa multidisciplinar de especialistas do Atelier BBV, da Struconcept e dos serviços técnicos da autarquia, sob a orientação científica da Professora Doutora Teresa Andresen” e o concurso público para a obra será lançado no segundo semestre deste ano.

*Leia mais na próxima edição da Revista Turisver