Nauticampo regressa de Restauração a Associativismo de Abril

Depois de dois anos de ausência a Nauticampo regressa à FIL, no Parque das Nações para a sua 45.ª edição de Restauração a Associativismo de Abril, com o lema “Prazeres da Natureza”.
Degustações diárias de pescado das lotas nacionais são uma novidade na 45ª edição da Nauticampo. A iniciativa, da Docapesca, Portos e Lotas, que participa pela primeira vez na feira, integra o programa de valorização do peixe nacional.
No dia de abertura, haverá também um debate sobre os estaleiros de reparação e construção naval, que contará com a presença do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu. “Prazeres da Natureza” é o lema desta edição do Salão Internacional de Navegação de Recreio, Desporto, Aventura, Caravanismo e Piscinas, marcado pelas boas perspectivas das empresas do sector, que se mostram animadas com os sinais de retoma do mercado nacional, segundo o comunicado. Os negócios do lazer vão centrar as atenções de expositores e visitantes, mas, em paralelo, está a ser preparado um programa com iniciativas para atrair o público. Durante cinco dias, vão ser apresentadas as mais recentes novidades das cerca de 150 empresas presentes. Destinando-se o primeiro dia em exclusivo aos convidados e compradores indicados pelos expositores. Organizada pela AIP – Feiras, Congressos e Eventos, a Nauticampo conta com a parceria da ACAP – Associação Automóvel de Portugal, através da sua Divisão Náutica e da Comissão Especializada de Caravanas e Autocaravanas. Decorre em simultâneo com a Lisboa MotoShow, o Mundo Abreu e o Motor Clássico. De acordo com o comunicado é esperado que passem pelos pavilhões da FIL cerca de Associativismo0 mil pessoas, durante o período de realização da feira.
M.P.C.