Norte acolhe ciclo de eventos de turismo cultural

Várias cidades e localidades do Norte do país, tais como Arouca, Tarouca, Miranda do Douro, Vila Real, Barcelos, Bragança, Mogadouro e Alfândega da Fé vão acolher, até Setembro, um ciclo de eventos de turismo cultural.

Integrada na operação “Dias do Património a Norte”, a iniciativa é promovida pela Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN), em parceria com os municípios locais, representando um investimento total de 400 mil euros, co-financiado pelo Programa Norte 2020, através do FEDER.

Em Ano Europeu do Património Cultural, a DRCN aposta na descentralização e na oferta cultural disseminada pelo território, apresentando um projecto de turismo cultural inovador, agregador e atractivo, que utiliza como instrumentos fundamentais a programação cultural, o trabalho de mediação com as comunidades e a comunicação ao serviço da qualificação da experiência turística e da competitividade da economia regional.

O ciclo de programação “Dias do Património a Norte” vai decorrer a 21 e 22 de Abril, no Mosteiro de Arouca, 18 e 19 de Maio, no Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, Tarouca, 1 e 2 de Junho, Concatedral de Miranda do Douro, 15 e 16 do mesmo mês na Sé de Vila Real, 13 e 14 de Julho, no Convento de Vilar de Frades, Barcelos, 27 e 28 de Julho, na Basílica de Santo Cristo de Outeiro, Bragança, 10 e 11 de Agosto, no Castelo de Mogadouro e, finalmente, nos dias 28 2 29 de Setembro, na Igreja Matriz de Sambade, Alfândega da Fé.

Como tal, a operação “Dias do Património a Norte” apresenta-se como um evento em rede que, ao longo de seis meses, vai transformar oito lugares patrimoniais da região Norte, em palcos de uma programação artística, cultural e gastronómica, desenhada com o traço da identidade singular de cada território. Em cada local, uma estória, um sabor, uma tradição, uma descoberta, estimulando uma dinamização cultural em locais de valor patrimonial inesgotável.