Norte com recorde de dormidas e de estadia média

No que aos destinos do continente dizem respeito, o Porto e Norte de Portugal foi a região que mais cresceu nas dormidas totais em Setembro e no acumulado, e foi também a que mais subiu em relação à estadia média.

Os dados agora dados a conhecer pelo INE são, de acordo com o presidente da Turismo do Porto e Norte “extremamente positivos para a Região Porto e Norte e reveladores do trabalho concertado e sustentado que está a ser desenvolvido por todo o território”.

Ao comentar o aumento da estadia média verificado na região, Melchior Moreira refere que “é um sinal claro que estamos a conseguir fixar os visitantes no território mais tempo e que, em rede, os conseguimos levar a descobrir vários destinos dentro do destino”.

Refira-se que o destino Porto e Norte arrecadou em Setembro, 5.380 milhões de dormidas, 12,5% acima do período homólogo de 2015, com mais 572,4 mil dormidas.

No mesmo mês, foi um dos destinos com crescimento na estada média, de 0,7%, subindo de 1,82 para 1,84 noites.

Na taxa líquida de ocupação-cama o Porto e Norte mantém a tendência de crescimento, tendo subido 2,2% em Setembro, estando acima dos 50% (55,2% de taxa de ocupação). Os proveitos também ficaram acima da média nacional, tendo contabilizado uma subida de 18,4% nos proveitos totais e de 20% nos proveitos de aposento.