Nova ecopista recupera corredor entre Bragança e a Foz do Tua

Os Municípios de Bragança, Macedo de Cavaleiros e Mirandela vão criar a Ecopista Bragança-Mirandela no antigo corredor da linha ferroviária entre Bragança e a Foz do Tua, com a recuperação do património edificado, nomeadamente as estações que se encontram em adiantado estado de degradação.

Com este projecto o Município de Bragança pretende valorizar os mais de 37Km de linha ferroviária desactivada entre Bragança e Senda, bem como a requalificação de duas estações, das pontes ferroviárias de Rebordãos e Remisquedo e a iluminação dos túneis de Sortes e Santa Comba de Rossas. O município já iniciou a intervenção na plataforma da futura ecopista, realizando trabalho de limpeza, desmatação, regularização de valetas e taludes, drenagens e nivelamento com aplicação material.

Desde o início de 2017 que estão a ser promovidas diversas acções no sentido de viabilizar a futura ecopista, contratualizando com o Laboratório Nacional de Engenharia Civil o estudo/análise do estado de conservação e manutenção das pontes, projectando a reabilitação das estações, a iluminação dos túneis e sinalética.

Com esta intervenção pretende-se criar condições de circulação, visitação e acessibilidade na ecopista, promovendo pequenos tratamentos paisagístico dos interfaces dos percursos e a criação de percursos acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida, bem como criar condições para a mobilidade suave eléctrica, promovendo o alargamento do actual sistema denominado “Xispas”, em contexto urbano.