Nuno Aleixo defende congressos da APAVT em Portugal

Nuno Aleixo, administrador da Nortravel é um defensor da realização dos congressos da APAVT em Portugal. “São mais práticos, a adesão é muito maior e alavancam o mercado interno”, embora seja da opinião que os no estrangeiro “têm outras valências no sentido de conhecer os destinos”.

Em declarações ao turisver.com, a propósito da realização da próxima reunião magna dos agentes de viagens portugueses em Macau, oito anos após ter escolhidos destinos nacionais como palco, o executivo recorda que não existem voos directos de Macau, um factor que considera importante. Assim, tendo em vista uma maior captação do fluxo turístico e melhor conhecimento do destino, Nuno Aleixo diz que “seria muito mais lógico neste momento um congresso em Cabo Verde”.

Em relação aos voos directos para a China, uma solução que pode colocar Macau no eixo, o administrador da Nortravel sublinha que “ninguém tem falado dessas ligações. Já deveriam ter maior visibilidade junto do consumidor, o que me parece não estar a acontecer. Não sei o que se passa do lado da China neste sentido”.

Nuno Aleixo explicou que em relação à China, a Nortravel já tem os programas da 2017 completamente fechados com a Emirates porque “não podemos parar à espera de uma coisa que não sabemos quando vai acontecer”.

No entanto, a apetência dos portugueses por Macau é inquestionável, considera, apesar dos números se manterem porque não há muitos operadores a programarem o destino. Mesmo assim, “80% dos turistas portugueses que viajam para a China através dos nossos programas base, optam por uma extensão a Macau e Hong Kong, principalmente os que nunca tiveram nenhum contacto antes com o território”.