Nuno Mateus: “Novas operações charter são de risco controlado”

À margem da apresentação da programação da Solférias que decorreu no fim da semana em Las Palmas, nas Canárias, Nuno Mateus, director-geral do operador, disse à imprensa que está optimista para este ano e referiu que a oferta “não cresceu significativamente”. Nuno Mateus está optimista relativamente às vendas deste ano, no entanto a oferta do operador para 2014 não cresce significativamente. A propósito salientou que a Solférias tem reforços de oferta para o Sal e duas parcerias em charters, uma para Cayo Coco com a Travelplan, a Abreu e a Sonhando, e outra para Porto Santo, também com a Sonhando e com a Halcon”, apostas em voos charter são definidas pelo director-geral do operador como sendo de “risco controlado”. A Solférias Madeira vai programar pela primeira vez pacotes turísticos com voo entre Lisboa e Las Palmas, na Gran Canária, ampliando assim a operação para este destino que já opera com partidas do Funchal. Segundo Nuno Mateus, a Solférias Madeira “tem um grande know how deste destino e com as novas tecnologias não existe razão para não comercializarmos este produto à partida de Lisboa”. Quanto à oferta para o período da Páscoa, o responsável salientou que “apesar dos reforços das operações para Cabo Verde, os voos já estão há algum tempo esgotados”, embora haja ainda alguns lugares disponíveis para o nordeste brasileiro, tanto para a partida de 5 como para a de 13 de Abril. J.L.E.