Obras da Lusofonia Cabo Verde Eco Resort arrancam em Janeiro

Dois hotéis de cinco estrelas, um hospital destinado ao turismo de saúde e uma marina são três grandes construções que farão parte da Lusofonia Cabo Verde Eco Resort a edificar entre a cidade da Praia e a Cidade Velha, orçado em 100 milhões de euros. As obras deverão arrancar no início do próximo ano.

O projecto será edificado em várias fases, sendo que a primeira inclui dois hotéis, o centro multiusos, uma parte dos apartamentos e restantes valências e está orçado em 70 milhões de euros. A segunda fase incluirá a construção do hospital e dos restantes apartamentos.

De acordo com a imprensa caboverdiana, o consórcio internacional, promotor do projecto concluiu acordo de compra de cerca de 30 hectares na Santiago Golf Resort, para a construção de dois hotéis, com 600 quartos. Este projecto, que irá criar cerca de mil postos de trabalho será constituído por Lusofonia Spa Hotel, all inclusive, com cerca de 320 quartos, o Lusofonia Diplomático Hotel, com cerca de 150 quartos, o Lusofonia Academia Artes Música e espaço multiusos e o Nha Clube (beach club)

Nos cerca de 30 hectares que o projecto vai ocupar, além dos dois hotéis, a ser desenvolvidos com a marca Mélia irão igualmente ser construídos 150 apartamentos de grande qualidade denominados “ Lusofonia Residências Clube“.

A construção dos hotéis e demais estruturas está a cargo da empresa de construções Tecnovia, que igualmente integra o consórcio que tem como accionistas empresários de Cabo verde, Portugal, EUA e Índia.

O Lusofonia Cabo Verde Eco Resort estima trazer cerca de 30 mil turistas, ao ano, para Santiago.