Observatório de Turismo do Centro vai monitorizar actividade turística da região

O Observatório de Turismo do Centro vai passar a monitorizar de forma permanente todos os aspectos relacionados com o turismo na região, em especial os seus impactos económicos, sociais, culturais e ambientais.

Desenvolvido com o apoio técnico e científico do Instituto Politécnico de Leira, será uma ferramenta importante para todos os intervenientes na actividade turística, e cumpre, na íntegra, os requisitos preconizados pela União Europeia através do “European Tourism Indicators System “ (ETIS). Mas vai mais longe, integrando outros indicadores específicos para garantir uma aferição adequada da actividade turística da Região Centro e de todos os seus agentes turísticos: empresas, autarquias, comunidades intermunicipais, população local e turistas/visitantes.

Já a partir da próxima semana será realizada uma avaliação exaustiva da atractividade dos recursos turísticos existentes nos 100 concelhos da Região Centro. Em seguida, com o apoio das autarquias, serão efectuados inquéritos periódicos a todos os agentes do sector.

O resultado mais prático será a produção de relatórios mensais, semestrais e anuais, que servirão de orientação para uma gestão de qualidade, baseada no conhecimento, de todos agentes turísticos da região.

De acordo com Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, este instrumento “vem preencher uma lacuna com que nos deparamos na análise dos indicadores turísticos do Centro de Portugal”, para acrescentar que, apesar de a região estar “a atingir níveis inéditos de crescimento na procura turística, na casa dos dois dígitos, que são bem evidentes nos indicadores estatísticos disponíveis, sentimos a necessidade de ir mais além”.

Pedro Machado lembrou ainda que “o conhecimento é cada vez mais um factor crítico de sucesso na gestão sustentável e competitiva dos destinos turísticos e este é um contributo que esperamos que seja importante nesse sentido”.