Observatório de Turismo Sustentável do Alentejo passa a integrar rede internacional da OMT

O Observatório de Turismo Sustentável do Alentejo passa a integrar a rede internacional de observatórios da Organização Mundial do Turismo (OMT), anunciou esta terça-feira o secretário-geral da organização, Zurab Pololikashvili, por ocasião da sua visita oficial a Portugal e da sua deslocação àquela região.

Esta decisão vem ao encontro das medidas de sustentabilidade previstas pelo Turismo de Portugal na estratégia turística nacional até 2027, juntamente com outros projectos tais como o Tourism All for All, (turismo inclusivo), Portuguese Waves (gestão sustentável das praias ‘surf spots’), Portuguese Trails (programa de valorização e sustentabilidade dos traçados âncora de  Cycling & Walking das regiões turísticas portuguesas), e parcerias com ONG’s para promover a sensibilização ambiental dos agentes do sector. Faz igualmente parte deste projecto de sustentabilidade no turismo, o Programa Valorizar, centrado na regeneração e reabilitação dos espaços públicos com interesse para o turismo, a valorização turística do património cultural e natural do país, que visam promover condições para a desconcentração da procura, a redução da sazonalidade e a criação de valor.

Com a implementação desta estratégia, até 2027, Portugal pretende afirmar o turismo como hub para o desenvolvimento económico, social e ambiental em todo o território, posicionando-se como um dos destinos turísticos mais competitivos e sustentáveis do mundo.