Oceanário de Lisboa reforça acessibilidades

O Oceanário de Lisboa, em colaboração com a Junta de Freguesia do Parque das Nações, criou um novo percurso pedestre inclusivo, que oferece melhores acessibilidades no recinto circundante do equipamento.

O caminho acessível, que elimina barreiras físicas e promove o conforto, autonomia e segurança, liga os dois parques de estacionamento vizinhos, o Parque da Doca na Alameda dos Oceanos e o Parque Oceanário na Rua dos Cruzados, à entrada do Oceanário. Esta iniciativa visa a proximidade com todos os que desejam visitar as exposições, participar nas actividades e viver a experiência “de imersão” e conhecimento do oceano.

Miguel Tiago de Oliveira, director de Operações e Responsabilidade Social, refere que “é uma prioridade para o Oceanário de Lisboa o empenho contínuo em responder às necessidades dos nossos visitantes”. No interior a circulação de visitantes respeita as Normas Europeias de Acessibilidades, o percurso da visita tem rampa e elevadores, de modo a facilitar a circulação em cadeira de rodas ou deslocação de carrinhos de bebé.

A bilheteira do Oceanário de Lisboa dispõe de atendimento prioritário para grávidas, crianças de colo e outros visitantes de mobilidade reduzida. O serviço ao visitante conta ainda com cadeiras de rodas disponíveis para uso durante a experiência de visita.