Ombria Resort no Algarve avança 20 anos depois

“Estamos entusiasmados com o progresso do nosso projecto e estamos aqui, hoje, para celebrar, pois finalmente chegou o momento de começar. Foram 20 anos de trabalho árduo que concentraram muitos recursos e energias. Apesar dos riscos que assumimos, mantivemos sempre o foco neste projecto porque sempre acreditamos no Algarve e em Portugal”.

Estas palavras foram proferidas esta sexta-feira por Ilpo Kokkila, chairman do Pontos Group, em Loulé (Algarve) na cerimónia de lançamento da primeira pedra da primeira fase Ombria Resort, que integrará a primeira unidade da marca Viceroy Hotels & Resorts em Portugal e na Europa.

O evento contou com a presença de Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, em representação do governo, Carlos Martins, secretário de Estado do Ambiente, e Vítor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé.

“Ficamos muito decepcionados com a lentidão da burocracia que enfrentamos durante o desenvolvimento do projecto”, disse o chairman do Pontos Group, para acrescentar que “a cooperação com a Câmara Municipal de Loulé e as autoridades competentes tem sido excelente, mas a forma como a burocracia tem provocado o atraso deste processo é inacreditável. Esta morosidade prejudica gravemente o progresso no país “, acrescentou.

“Mas nós temos uma grande admiração por Portugal e pelos portugueses; isso e o forte apoio da Câmara Municipal de Loulé são as razões porque conseguimos lutar por este projecto durante quase 20 anos. A beleza natural das paisagens faz com que o nosso principal objectivo seja assegurar que este projecto é altamente sustentável. Um dos nossos compromissos é também que o Ombria Resort seja totalmente aberto às populações locais. É nosso propósito trabalharem conjunto com as pessoas e empresas das localidades circundantes, dando-lhes assim a oportunidade de usfruir, trabalhar ou fazer negócio”, referiu ainda Ilpo Kokkila.

A primeira fase do Ombria Resort, que inclui as infra-estruturas e o campo de golfe de 18 buracos, já em construção desde Outubro de 2016, contempla ainda o Viceroy at Ombria Resort, com 76 quartos e as Viceroy Residences at Ombria Resort, que incluem 65 residências turísticas. O complexo hoteleiro inclui também um clubhouse, um centro de conferências, 5 restaurantes, spa, kids club, um observatório astronómico, piscinas aquecidas e várias outras instalações de lazer e fitness. A sua abertura está prevista para final de 2019.

A fase 1 do projecto representa um investimento de mais de 100 milhões de euros. O investimento total, nas três fases irá ultrapassar os 260 milhões de euros. O investidor, Grupo Pontos, um fundo finlandês de private equity, realizará este investimento com cerca de 60% em capitais próprios.

No discurso que efetuou no evento, a secretária de Estado do Turismo referiu que “o investimento que hoje aqui vemos é sinal que há confiança, é sinal que acreditam no país, é sinal que acreditam no Algarve. Só posso agradecer-vos por isso e dizer-vos que este é um projecto exemplar também pela sustentabilidade do turismo ao longo de todo o ano e em todo o território, porque estamos aqui a apostar num Algarve diferente, a desenvolver um novo tipo de turismo numa zona onde não era tradicional isso acontecer”.

Esta será a primeira unidade hoteleira da cadeia americana Viceroy Hotels & Resort na Europa. A Actualmente, a marca gere cerca de 12 hotéis de luxo espalhados pela América do Norte, América Latina, Caraíbas e Médio Oriente. O seu plano de expansão prevê abrir 12 novos hotéis nos próximos anos, alguns dos quais na Europa.