OMT: África deverá receber 134 milhões de turistas em 2030

O continente africano é, de acordo com dados da OMT, uma das regiões do mundo que mais está a crescer. Nos últimos 12 anos, o número de turistas internacionais duplicou na região, e a Organização Mundial de Turismo prevê agora que em 2030 sejam 134 milhões os turistas internacionais a demandarem África. Segundo os dados avançados pela Organização Mundial do Turismo, África recebeu, em 2012, um total de 52 milhões de turistas internacionais, número que representa o dobro das chegadas internacionais ao continente no ano 2000. Tão importante quanto este indicador é o facto de a região apresentar um crescimento médio de 6% ao ano. Daí que a OMT preveja que em 2030 o continente atinja os 134 milhões de turistas internacionais. Apesar dos efeitos da crise social que o país ainda vive, o Egipto continua a ser o destino africano que maior número de turistas estrangeiros recebe, cerca de 11,2 milhões. Seguem-se Marrocos, com 9,4 milhões e África do Sul, com 9,2 milhões e, já a maior distância, a Tunísia com cerca de seis milhões. Por sub-regiões, o domínio continua a pertencer, claramente, aos países do Magrebe, mas a África subsaariana está em franco crescimento (média de 5% ao ano). Por países há vários a merecer destaque, como Cabo Verde, que apresenta um aumento de 13% no número de chegadas internacionais. M.F.