OMT promove I Conferência Internacional sobre Destinos Inteligentes

Avançar e formar um modelo de turismo do século XXI, baseado em inovação, tecnologia, sustentabilidade e acessibilidade. Estes são os objectivos da Conferência Internacional sobre Destinos Inteligentes, que se realiza em Múrcia (Espanha) entre os dias 15 e 17 de Fevereiro.

O encontro é promovido pela Organização Mundial do Turismo (OMT), Ministério da Energia, do Turismo e da Agenda Digital de Espanha e Região de Múrcia.

Esta conferência vai reunir representantes políticos, entidades do sector privado, investigadores e académicos, assim como centros tecnológicos. Um dos aspectos a abordar serão as aplicações digitais que permitem oferecer serviços cada vez mais personalizados, e diferenciar destinos turísticos que agreguem valor, mantendo o ambiente natural, social e cultural.

Estas temáticas, prioridades de trabalho da OMT, são as que delineiam o turismo do século XXI, o compromisso com os ecossistemas, com as culturas locais e desenvolvimento económico e social”, explica o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai. “Será impossível capitalizar o potencial do turismo em áreas como a criação de emprego e desenvolvimento socioeconómico, se não nos comprometermos e avançarmos para práticas sustentáveis e ecológicas”, referiu.

A conferência inclui um estudo académico que apresenta investigações relativas ao turismo do século XXI assim como a empreendedores que já desenvolveram produtos e serviços inovadores sobre esta matéria, encerrando com a leitura de um manifesto que resume as contribuições dos participantes, e que será o primeiro relatório da OMT sobre Destinos Inteligentes.