OMT: sinergia entre turismo e transporte aéreo precisa-se

O Fórum Ministerial da Organização Mundial do Turismo e da Arabian Travel Market insistiram na necessidade de haver uma verdadeira sinergia entre o turismo e o transporte aéreo. Numa reunião que juntou mais de 25 ministros, o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, deixou claro que o turismo e o transporte aéreo têm que deixar de trabalhar em compartimentos estanques. ?O turismo e a aviação são irmãos e têm estado a trabalhar juntos mas em paralelo. Não podemos separar um do outro: quando 52% dos viajantes em todo o mundo chegam de avião o crescimento de ambos os sectores está intrinsecamente unido?, afirmou. Rifai falou ainda de outros dois temas que andam ligados: os impostos e a agilização dos vistos. ?Há regimes de vistos que pertencem ao século passado. Apesar de os Emirados Árabes Unidos e o Dubai estarem na vanguarda da abertura em termos de acesso aos vistos, a região do Médio Oriente está ainda muito atrasada a este nível, já que 70% dos viajantes ainda necessitam de visto para entrarem na região?. Também o presidente da Comissão Saudita de Turismo e Antiguidades sublinhou que ?a aliança entre o turismo e o transporte aéreo é, em larga escala, uma aliança inalterável? sendo ?muito importante que nos concentremos em fazer convergir ambos os sectores para os locais sejam mais acessíveis?. Os participantes na reunião destacaram ainda a necessidade de encontrar links entre o turismo e o transporte aéreo e de construir estruturas para que o turismo, a aviação civil e as companhias aéreas possam trabalhar juntos. M.F.