OMT vai passar a medir turismo sustentável

A Comissão de Estatística das Nações Unidas, na sua 48ª sessão, expressou o seu apoio à iniciativa levada a cabo pela OMT de desenvolver um quadro internacional para a medição do turismo sustentável.

Esta iniciativa que está a ser levada a cabo em colaboração com a Divisão de Estatística das Nações Unidas visa desenvolver um novo quadro estatístico para o turismo, que integre as várias dimensões do turismo sustentável, ou seja, ao nível económico, ambiental e social, desenvolvido em todos os âmbitos (mundial, nacional e regional).

O trabalho do Comité de Estatísticas e Conta Satélite do Turismo da OMT e do grupo de trabalho de especialistas em medição do turismo sustentável recebeu um grande reconhecimento, tendo sido eleito como uma prioridade que visa dar apoio a uma política mais integrada no contexto dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e em resposta às solicitações dos estados membros e diversos agentes interessados.

A comissão realçou a importância de vincular a conta satélite do turismo com o Sistema de Contabilidade Ambiental e Económica Integrada (SCAEI), a elaboração de um guia de compilação de dados, bem como a necessidade de potenciar a capacitação para a medição do turismo sustentável.

A medição do turismo sustentável será tema central da 6ª Conferência Internacional sobre Estatísticas de Turismo, que terá lugar em Manila (Filipinas) de 21 a 24 de Junho.

A conferência de Manila é um evento oficial do Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, e será uma oportunidade para discutir os avanços metodológicos, explorar novos temas e conhecer as experiências de países pioneiros nestas matérias. A anteceder a conferência, está prevista uma mesa redonda ministerial, que irá destacar a importância da medição para entender melhor o papel do turismo sustentável no crescimento económico, inclusão social e protecção dos bens culturais e naturais.