Órgãos sociais da ANT tomaram posse

Os novos corpos sociais da Associação Nacional do Turismo tomaram posse esta sexta-feira, 17 de Junho. Na cerimónia, que decorreu na Universidade do Algarve, em Faro, o nosso presidente, Desidério Silva, deixou claro que as Regiões de Turismo devem acrescentar valor ao turismo português.

Eleito presidente da Associação Nacional de Turismo por unanimidade a 11 de Maio, Desidério Silva, que sucede neste cargo a Pedro Machado, afirmou, na cerimónia de posse dos novos corpos sociais desta entidade para o biénio 2016-2018, que a ANT permite ter uma “visão mais larga, transversal e estruturante acerca dos problemas, das estratégias e dos objectivos comuns para o desenvolvimento sustentável do turismo português”.

O novo presidente da ANT, que preside também à Região de Turismo do Algarve, considerou ainda que a Associação deve ter como objectivo fundamental “coordenar esforços e concentrar estratégias com vista a gerar sinergias para que cada Região de Turismo acrescente valor ao resultado final”. Defende, por isso, que a ANT deve ser um amplo “espaço de debate na busca das melhores soluções para os problemas, de concertação para atenuar diferenças e de parceria para o desenvolvimento sustentado do turismo em todo o território nacional”.

O responsável afirmou ainda que não se poupará a esforços para dar continuidade ao trabalho realizado pela equipa que o antecedeu, no sentido de tornar a Associação cada vez mais viva, forte, dinâmica e operante para o desenvolvimento do turismo português.

Além de Desidério Silva, a nova direcção tem como vice-presidentes Melchior Moreira (ERT do Porto e Norte), e Francisco Coelho (Associação de Turismo dos Açores), e como vogais Carlos Moura (AHRESP) e Ceia da Silva (ERT do Alentejo e Ribatejo). O suplente da direcção é Cândido Mendes (Federação Portuguesa de Turismo Rural).

A Assembleia Geral é presidida por Eduardo Jesus (Secretaria Regional de Economia, Turismo e Cultura da Madeira), e tem como secretários Vítor Neto (NERA) e Jorge Humberto Silva (ERT de Lisboa).

Já o Conselho Fiscal é presidido por Pedro Machado (ERT Centro de Portugal), tendo como vogais Nuno Camilo (Associação de Comerciantes do Porto) e Jorge Sampaio (Associação Portuguesa Rota dos Vinhos).