Ovar: Quinta agrícola pode dar lugar a aldeamento turístico de luxo

A Quinta do Cabedelo, na freguesia de Válega (Ovar), pode dar lugar a um aldeamento turístico de cinco estrelas vocacionado para o ecoturismo. O projecto está entregue na Câmara Municipal de Ovar.
Devido ao facto da propriedade, com cerca de 125 mil m2, estar abrangida pela zona de protecção especial da Ria, obriga a algumas cautelas, nomeadamente um estudo de impacto ambiental, tendo a empresa proponente incluído no consócio, especialistas da Universidade do Minho e da Sociedade Portuguesa de Vida Selvagem.

A utilização da antiga quinta para fins turísticos será dotada de 15 unidades de alojamento tipo bungalow (T0, T1 e T2) em área de choupal, e piscina, entre outros equipamentos. A proposta de edificação para o resort é baseada em estruturas leves (ferro e madeira), elevadas do solo, com acessos em passadiços, já que os condicionantes mais sensíveis para a execução do projecto são a afectação do uso do solo e a conservação da natureza.