Palácio dos Condes de Anadia recebe primeiros visitantes

Situado em Mangualde, o Palácio dos Condes de Anadia, um dos exemplares mais relevantes da arquitectura senhorial da Beira Alta, com predominância de elementos do Barroco e classificado na categoria de Imóvel de Interesse Público, já pode ser visitado.

A inauguração oficial desta que é considerada uma das casas mais importantes do país e com traços típicos da época da sua construção, no século XVIII, está marcada para Abril do próximo ano.

Anexa ao palácio, a capela de S. Bernardo, na face Norte, vinda do século XVII, continua a conservar o seu retábulo primitivo com um S. Bernardo pintado por W. Machado, que se manteve mesmo após as várias alterações ocorridas ao longo dos séculos.

No seu interior, os visitantes podem também apreciar um vasto conjunto de silhares de azulejo, assim como a colecção de mobiliário, pinturas e gravuras, entre as quais ganha especial interesse a mesa da Sala Nobre com tampo de embutidos marmóreos, executada por Leoni em 1673, e o mobiliário da Sala de Música, com chinoiseries.

Recorde-se que foram várias as figuras históricas que passaram pelo Palácio, como o Marechal André Massena, Príncipe d`Essling comandante do exército francês que, em 1810, invadiu Portugal pela terceira vez, ou rei D. Luis I, que o visitou em 1882 pela altura da inauguração do Caminho de Ferro da Beira Alta, e rei D. Carlos I nos últimos anos do seu reinado.