Pedro Machado apela a portugueses para visitarem o Centro

Visitar o Centro do país “é uma boa maneira de expressar solidariedade com as populações afectadas pelos incêndios”, declarou o presidente da Turismo do Centro, para lembrar que as chamas pouparam a grande maioria das infra-estruturas turísticas situadas nas áreas ardidas.

Em declarações à Lusa, Pedro Machado deixou uma mensagem aos portugueses: “Este é o tempo para nenhum português deixar de visitar o Centro de Portugal”, pois é a única forma de “ajudar a manter em funcionamento os empreendimentos hoteleiros e de restauração” situados na região.

Pedro Machado expressou solidariedade com as vítimas dos incêndios, garantiu que a Entidade Regional que dirige tem acompanhado de perto a situação e avançou que, “felizmente”, não existem grandes prejuízos materiais nas empresas do sector.

A Turismo do Centro tem trabalhado de perto com a ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto (que gere a rede das 27 Aldeias do Xisto distribuídas pelo interior da Região Centro de Portugal), com a Turismo de Portugal e com a CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.
“Fizemos um levantamento detalhado da situação, empreendimento a empreendimento, e podemos garantir que está tudo a funcionar em segurança”, por isso, “não há razão para cancelar reservas, antes pelo contrário”, garantiu.