Mais “pontes” em 2017 vão ajudar a dinamizar turismo interno

Repostos já este ano os quatro feriados do nosso contentamento, não será por eles que aumentarão os dias de descanso em 2017. Só que o ano que está prestes a iniciar-se traz consigo outras benesses, como a colagem dos feriados ao final da semana. Aumentam os dias seguidos de descanso, há hipóteses de mais cinco “pontes” e o turismo interno pode ser catapultado com esse facto. Ou seja, as gentes do turismo têm razões para sorrir.

Face a este ano, em 2017 o panorama melhora para quem trabalha e para a actividade turística. Consultado o calendário, aos agentes turísticos é permitido sorrir pois sabe-se que as “pontes” ajudam a encher hotéis, restaurantes também, e a movimentar o comércio. Neste ponto, 2017 vai ser bastante generoso: fins-de-semana prolongados são vários, hipóteses de “pontes” também.

Depois do dia 1 de Janeiro de 2017 cair num domingo, o panorama melhora. Não sendo feriado oficial, mas contando-se já com uma tolerância de ponto que a seu tempo deverá vir, o Carnaval chega a 28 de Fevereiro, e as gentes do turismo vão querer que assim seja, afinal sem ela não se poderá “brincar ao Entrudo” na terça-feira do mesmo.

Oficial a valer é o primeiro fim-de-semana prolongado do ano, o dá Páscoa, de 14 a 16 de Abril. No mesmo mês mais um feriado que pode dar ponte, o do 25 de Abril, dia que este ano calha a uma terça-feira e logo depois o 1º de Maio é uma segunda-feira – mais um fim-de-semana prolongado.

Em Junho, o feriado de dia 10 “passa ao lado” porque calha ao sábado, mas os lisboetas vão ter o Santo António a 13, terça-feira, e com todos os outros, dois dias depois, a 15 é Corpo de Deus. Se trabalha em Lisboa ou noutro local onde o Santo casamenteiro se comemore, pode tirar 3 dias de férias e gozar 9 dias seguidos de descanso…

Em Julho não há feriados nacionais, mas em Agosto a Assunção de Nossa Senhora, no dia 15, terça-feira, pode bem dar mais uma “ponte” aos que nesse mês não estiverem de férias.

Outubro traz um feriado a uma quinta-feira, o 5 de Outubro que poderá ser mais uma “ponte” e uma nova possibilidade para, após gozadas as férias de Verão, fazer uma “escapadinha” cá dentro. Em Novembro, o feriado de dia 1 é uma quarta-feira e não dará para muito.

Gentil mesmo será Dezembro, a começar pelos dias 1 e 8, que vão calhar a uma sexta-feira e vão dar fim-de-semana prolongado, enquanto Dia de Natal será uma segunda-feira, com novo fim-de-semana prologado.

Aí, num pulinho vamos estar em 2018, com o dia primeiro do ano a ser uma segunda-feira. Mas nessa altura já estaremos a fazer contas aos feriados e pontes que poderemos gozar nesse ano…