Pontevedra promove-se no Norte de Portugal

O património cultural e religioso da província de Pontevedra acaba de ser apresentado no Porto com vista a dinamizar a procura daquela região espanhola que em 2017 foi visitada por mais de 200 mil portugueses.

A apresentação feita pela presidente da Deputation de Pontevedra, Carmela Silva, insere-se no plano estratégico de turismo da região, que prevê diferentes campanhas de promoção até 2020 para divulgar aquele destino e o seu “valor incomensurável em recursos culturais e naturais”, que serviu de ponto de partida para a criação de produtos turísticos ligados ao património fortificado, arqueológico, paisagístico, literário, imaterial, natural, etnográfico, religioso e espiritual.

Segundo os dados do Serviço de Turismo das Rias Baixas, Portugal é, depois de Espanha, o país com mais afluência de turistas na região, tendo no ano passado sido visitado por mais de 200 mil portugueses.

Em 2018, Ano Europeu do Património Cultural, o Plano Estratégico do Turismo das Rias Baixas contempla campanhas de promoção em várias cidades espanholas e portuguesas, nomeadamente Porto e Braga.

A província de Pontevedra acumula 5 anos consecutivos de crescimento de turistas. Em 2017, o máximo histórico foi alcançado, com  1, 5 milhões de visitantes representando uma subida de 13% comparado com o ano anterior. A cultura e o património são apontados como os principais motivos da visita, seguidos da praia e da paisagem, sendo que o Caminho Português da Costa (Santiago) é um dos grandes atractivos para os visitantes portugueses, que são o principal grupo a fazer esta rota de peregrinação a Santiago de Compostela. No total o ano passado foram mais de 50 mil os peregrinos que fizeram esta rota, que atravessa a província de Pontevedra, com partida em Portugal.