Porto sobe no ranking mundial da ICCA

No ranking mundial da ICCA 2012 ontem divulgado, a cidade do Porto encontra-se agora na 53ª posição, tendo subido um lugar face ao ano anterior. A Associação de Turismo do Porto já se congratulou pelo facto. Para ocupar esta posição, o Porto recebeu um total de 42 eventos internacionais, ficando acima de cidades europeias como Milão, Florença, Sevilha, Bilbao, Moscovo ou Salzburgo, entre outras. De referir igualmente que no ranking de países europeus Portugal está em 17.º lugar. De referir que neste participam todas as cidades de 88 países de todo o mundo onde se encontram os 950 membros ICCA, sendo a avaliação efectuada através da contagem dos eventos enviados e validados pela equipa da ICCA. Os eventos têm requisitos especiais para concorrer, como a participação de pelo menos 50 delegados; serem organizados com base regular; e ter rotatividade entre pelo menos três países. A Associação de Turismo do Porto, entidade oficial responsável pela promoção externa do Porto e Norte do país, já se congratulou pelo facto de a cidade do Porto ter subido um lugar no ranking da International Congress and Convention Association (ICCA). ?Para a ATP e para o Porto Convention Bureau este resultado é uma grande conquista e reflecte o trabalho que temos vindo a desenvolver na promoção do destino e na motivação de potenciais organizadores internacionais de eventos para trazerem as suas iniciativas para o Porto e Norte do País?, salienta Helena Gonçalves, directora executiva da Associação de Turismo do Porto. De acordo com a ATP, o seu objectivo para 2012 era ?aumentar mais 115 mil dormidas de estrangeiros na região relativamente a 2011, ou seja, atingir 2.199.079 dormidas de estrangeiros?. Um objectivo que ?resultou numa taxa de sucesso de 99.2%, tendo sido atingidas 2.180.000 dormidas de estrangeiros?, +4.6% que 2011. ?O Porto tem cada vez maior visibilidade como destino para eventos internacionais e tem tido um crescimento gradual mas sustentado no ranking da ICCA, fruto da aproximação aos buyers e PCO?s internacionais de referência. Para além disso a taxa de sucesso na confirmação de eventos internacionais após realização da visita de inspecção é sempre elevada?, acrescenta Helena Gonçalves. M.F.