Portugal, Atenas e Budapeste permitem as ?escapadas? mais baratas

A conclusão é do portal only-apartments que para este estudo se baseou nos preços médios de 16 artigos que um turista standard compra durante a sua estadia no estrangeiro (títulos de transporte, por exemplo) assim como nos preços de 9.305 apartamentos turísticos de 21 cidades europeias e nos preços médios dos hotéis de 3 e 4 estrelas. De acordo com as conclusões do estudo, o destino mais económico é Budapeste, onde uma escapada de dois dias, incluindo alojamento, transporte e refeições durante dois dias pode ficar por 140,00 euros. Segue-se o Porto, desde 157,00 euros, Atenas, por 169,00, Lisboa por 175,00, Berlim e Cracóvia por 187,00 euros. No pólo oposto, como destinos mais caros, surgem as cidades de Amesterdão, com preços desde 378,00 euros, Londres desde 373,00 e Veneza desde 347,00 euros. O estudo refere igualmente que sair da Zona Euro não significa ir para destinos mais baratos, pois cidades como Dubrovnik ou Istambul, com preços desde 228,00 euros para dois dias, são mais caras que Porto, Lisboa ou mesmo Berlim. Ainda de acordo com as conclusões do estudo, em 16 das 21 cidades estudadas os apartamentos turísticos apresentam preço mais baixos que o dos hotéis. As excepções são as cidades de Amesterdão, Dublin, Milão, Cracóvia e Madrid. M.F.