Portugal cresce “mais de 5% em dormidas” do mercado britânico

O secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, acredita que os empresários do sector estão satisfeitos com os mais recentes dados da actividade turística referentes ao mercado britânico, considerando que se tratam de “números positivos”, que demonstram que Portugal se continua a consolidar no seu principal mercado emissor. “Os números do mercado britânico são positivos, mais uma vez. Em turistas, estamos a crescer perto de 11% e, em dormidas, mais de 5%, o que significa que nos continuamos a consolidar no nosso maior mercado emissor. Os empresários do sector devem estar contentes com estes números e isso é que é importante”, afirmou. Adolfo Mesquita Nunes esteve ontem no World Travel Market (WTM), que decorre até quinta-feira, 7 de Novembro, em Londres, onde reafirmou a importância do mercado britânico e da presença de Portugal num dos principais certames turísticos da Europa, onde, considerou, o país deve continuar a marcar presença. “Nós temos feito um desinvestimento grande em presenças em feiras mas mantemos a presença nesta, justamente porque reconhecemos a sua importância. Ou seja, entendemos que, hoje, grande parte da comercialização já não se faz via feiras, com excepção de algumas onde se justifica que Portugal esteja presente e esta é uma delas”, explicou o governante. Na edição deste ano do WTM, Portugal volta a contar com uma forte presença, com um stand de 600 metros quadrados, no qual estão representadas 45 empresas nacionais e que, à semelhança dos últimos anos, coloca em destaque a gastronomia nacional com o balcão Prove Portugal. I.M.