Portugal deve promover segmento MICE no Brasil, apontam players brasileiros

A necessidade de uma maior promoção de Portugal enquanto destino MICE, foi um dos pontos focados pelos players brasileiros que participaram no “focus group” que se realizou em São Paulo no âmbito da Estratégia Turismo 2027, em que participou a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Em declarações aos jornalistas portugueses na ABAV, a secretária de Estado do Turismo explicou que a iniciativa insere-se no âmbito da Estratégia Turismo 2027, tendo sido já feita em quatro mercados que “identificámos como essenciais para o desenvolvimento turístico em Portugal”, nomeadamente, Reino Unido, França, Alemanha e Espanha, na Europa”. O que se pretende é saber o que os mercados pensam do nosso destino, como o vêm, e o que precisa Portugal de fazer para crescer nesses mercados.

Na reunião de São Paulo, os players brasileiros apontaram como mais-valias o facto de Portugal ser a “porta de entrada na Europa” e ter uma “boa capacidade aérea instalada”, que aumentou ainda mais este ano e que atende a 12 destinos brasileiros e, portanto, faz face à dispersão territorial de um país como o Brasil.

Quanto a áreas em que Portugal deve apostar claramente, apontaram o MICE. Neste caso, adiantou Ana Mendes Godinho, “acham que há imenso para fazer em termos e crescimento deste segmento para Portugal, que neste momento não está muito desenvolvido no mercado brasileiro”. Consideraram ainda que “é muito importante a divulgação daquilo que nós temos, porque há ainda um grande défice de conhecimento do mercado brasileiro sobre o destino Portugal” apesar de actualmente começar a “haver alguma mudança na percepção do que é Portugal, enquanto país autêntico mas inovador”, uma ideia que, segundo a governante, está “muito associada aos número de brasileiros que até estar a comprar casa em Portugal”.

Para colmatar esta lacuna, o Turismo de Portugal, que este ano teve afectos à promoção no mercado brasileiro 1,1 milhões de euros, vai apostar na capacitação de agentes de viagens. “O que ficou foi um trabalho com várias companhias no sentido de irmos reforçar a capacitação também das agências de viagens sobre o destino Portugal, ou seja, conseguir dar mais informação a quem vende  Portugal e sobre aquilo que temos”, afirmou a governante.

*O Turisver.com participou na ABAV Expo 2016, em São Paulo, a convite da TAP e da ABAV.