Portugal promove-se junto do trade alemão

São 18 as cidades alemãs que, até ao final do ano, recebem um conjunto de semináriosde formação, abrangendo 500 agentes de viagens daquele mercado. No total são 21 seminários que abrangem os estados de Bremen e da Saxónia, onde as acções já decorreram, Berlim, Baixa Saxónia, Renânia do Norte-Vestefália, Renânia-Palatinado, Hessen e Baviera. O objectivo é proporcionar aos agentes de viagens informação específica sobre Portugal, incentivando-os a vender o destino. ?Esta é uma acção essencial para crescer num mercado com elevado potencial, que é o alemão, e onde estamos a apostar com muita força?, disse a propósito o secretário de Estado do Turismo, citado em comunicado do Turismo de Portugal. Adolfo Mesquita Nunes acrescentou ainda que, com estas acções ?estamos a melhorar o conhecimento de alguém que vende directamente ao consumidor e em quem ele confia. E, vendendo mais e melhor Portugal, a aumentar exponencialmente as oportunidades de negócio dos empresários portugueses do turismo, que é a nossa função?. Daí que considera também que ?esta acção, segmentada, dirigida, precisa, é muito mais eficaz e barata do que meia dúzia de mupis espalhados pelos centros das cidades, complementada, claro, por uma intensa campanha online dirigida para o mercado alemão?. As sessões, dinamizadas pela equipa de Turismo na Alemanha, evidenciam a oferta activa do destino Portugal, especificamente para o período de época baixa – como o transporte aéreo, com destaque para a apresentação feita pela TAP nos primeiros seminários. Refira-se que a Alemanha é o segundo mercado emissor mais importante para Portugal e um dos que mais está a crescer em 2013, tendo gerado, até Setembro, mais de 3,2 milhões de dormidas (+11,5% que em 2012) e 728 milhões de euros em receitas turísticas (+11,7%). M.F.