Portugueses viajaram mais no 4º trimestre de 2012 mas para visitar familiares e amigos

Os dados ontem publicados pelo INE revelam que no último trimestre do ano passado os portugueses realizaram +12,4% de viagens, em termos homólogos, um número que foi impulsionado pelo motivo ?visitas a familiares e amigos? que aumentou 22,5%, enquanto as viagens de ?lazer, recreio ou férias? tiveram uma retracção de 5,9%. O que também desceu foi o número de viagens ao estrangeiro. Nos últimos três meses do ano passado, os residentes efectuaram 4 milhões de viagens turísticas, uma evolução positiva de 12,4% face ao ano anterior. No entanto, a maioria destas viagens teve como objectivo ?visitas a familiares e amigos?, que aumentou 22,5% em termos homólogos. A subir estiveram também as viagens ?profissionais e de negócios?, com uma subida de 22,1%, enquanto as viagens para ?lazer recreio ou férias? baixaram 5,9%. Em termos do destino das viagens, o peso das efectuadas em território nacional é esmagador: 3,7 milhões, ou seja, 91,9% do total de viagens realizadas pelos portugueses nos últimos três meses do ano passado (no período homólogo do ano anterior tinham sido 3,3 milhões, 90,9% do total). No pólo oposto ficam as viagens ao estrangeiro que representaram, no período em análise, 8,1% do total (cerca de 328 mil), contra os 9,1% do 4º trimestre do ano anterior. O mês de Dezembro, que foi aquele em que se realizou o maior número de viagens turísticas, foi também o que registou maior incidência de deslocações ao estrangeiro, com 6,3% do total, número que se compara com os 8,2% de Dezembro de 2011. Do total das deslocações efectuadas para ?visitas a familiares e amigos?, apenas 4,3% tiveram como destino o estrangeiro (5,9% no mesmo período de 2011), enquanto as viagens de ?Lazer, recreio ou férias? para fora de Portugal representaram 9,3% (11,8% no último trimestre de 2011). Já as deslocações ?Profissionais ou de negócios? com destino no estrangeiro registaram um aumento de 27,1% no 4º trimestre de 2011 para 37,3% nos últimos três meses do ano passado. M.F.