Pousadas de Portugal celebram 75 anos

As Pousadas de Portugal celebram esta quarta-feira 75 anos de existência, com um jantar de gala no Palácio de Queluz, que vai reunir mais de uma centena de convidados, na presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Foi precisamente a 19 de Abril de 1942 que foi inaugurada a primeira Pousada de Portugal, marcando o nascimento de um grupo hoteleiro histórico e de inegável importância para a cultura e tradição portuguesas. Somam-se, assim, 75 anos de experiência na arte de bem receber.

Actualmente, a rede conta com 33 unidades espalhadas de Norte a Sul do país. O seu nome é sinónimo de qualidade, hospitalidade, cultura e tradição. Tiveram a sua origem nos anos 40, com a construção das primeiras Pousadas Regionais, destinadas a alojar os visitantes e fornecer-lhes alimentação consentânea com o estilo e as tradições de cada região. Na década de 50 o conceito alargou-se às Pousadas históricas, instaladas em monumentos cuidadosamente restaurados para o efeito. O compromisso é garantir uma oferta turística diferenciada que mantém viva a chama hospitaleira dos portugueses e se afirma como um veículo de protecção e divulgação do património cultural. Com uma rede espalhada de Norte a Sul do país, e também nos Açores, estão em castelos, conventos ou fortalezas, perfeitamente integrados na paisagem.

O evento terá início às 20h, com uma recepção aos convidados na Sala da Música, acompanhada por um momento musical da Orquestra XXI. O jantar, que irá decorrer na Sala do Trono, será servido a partir das 20h45, sendo pautado por vários momentos de homenagem ao grupo e aos seus trabalhadores, com o visionamento de um filme comemorativo e uma cerimónia de entrega de prémios às pessoas ou entidades que se destacaram na história das Pousadas. O encerramento ficará a cargo da fadista Cuca Roseta.