Praias algarvias no topo das bandeiras azuis

O Algarve volta, este Verão, a ser a região portuguesa com mais bandeiras azuis em Portugal. No total são 93 bandeiras, em 89 praias e 4 Marinas (Albufeira, Lagos, Portimão e Vilamoura), bem como dois Centros Azuis, em Loulé e Faro, enquanto o Centro conta com o maior número de praias fluviais no país.

Este ano, a bandeira azul, galardão que simboliza a qualidade das praias, vai ser hasteada num total de 332 praias (299 costeiras e 33 fluviais), correspondendo a mais de metade das praias nacionais, ou seja, mais 12 do que em 2017. Este galardão é atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), com o apoio técnico da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) às praias, marinas e portos de recreio em função de critérios rigorosos de gestão ambiental, qualidade da água, serviços e segurança disponibilizados aos veraneantes.

Em 2018, o Algarve recebe mais uma bandeira do que no ano anterior, ao registar a reentrada da Praia do Pintadinho, no Concelho de Lagoa. Albufeira vê a totalidade das suas praias galardoadas (25) e torna-se o concelho do país com mais bandeiras azuis. O segundo município mais distinguido é Vila Nova de Gaia, com 18 praias azuis.

No Centro serão 39 praias com Bandeira Azul, mais três face ao ano passado, todas elas praias fluviais. O Norte mantém o segundo posto com 73 praias com bandeira azul, enquanto no Alentejo há 32 praias premiadas.

Para o presidente da RTA, Desidério Silva, “a aposta da Região de Turismo do Algarve e dos municípios algarvios na sustentabilidade ambiental e na qualidade das zonas balneares e das  marinas tem sido fundamental para fortalecer a imagem do destino”, lembrando que a região continua a ser reconhecida mundialmente como um destino de sol praia.