Presidente da AHP diz que Brasil e Rússia são mercados prioritários

O presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Luís Veiga, considera que o Brasil e a Rússia são mercados estratégicos para os estabelecimentos de hotelaria portugueses, defendendo por isso que estes mercados devem estar no topo das prioridades na captação de turistas estrangeiros. Em entrevista ao Diário Económico, Luís Veiga considera que a hotelaria portuguesa deve concentrar-se na captação de turistas provenientes de países emergentes, destacando o Brasil, na América do Sul, e a Rússia, na Europa, como mercados prioritários. “No que respeita aos [países] emergentes deveremos apontar as baterias no mercado europeu à Rússia e no mercado sul-americano ao Brasil”, afirmou o responsável na entrevista concedida ao Diário Económico. Relativamente à Rússia, Luís Veiga considera que “o posicionamento da marca é fundamental?, defendendo por isso a presença do turismo português ?em todas as apresentações e feiras naquele país independentemente dos produtos/serviços expostos, apoiado pela AICEP e pelo delegado do turismo local”. I.M.