Programa Valorizar vai financiar 15 projectos no Alentejo e Ribatejo

No âmbito do Programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, desloca-se segunda-feira ao Alentejo para proceder à assinatura dos contratos de financiamento com diversos promotores públicos e privados.

A assinatura protocolar dos referidos contratos decorrerá em três actos públicos, nomeadamente no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Câmara de Beja, na Enoteca do Redondo e na Adega da Ervideira.

Os 15 projectos de investimento aprovados abrangem as temáticas do enoturismo, turismo de natureza e cycling, implicando um investimento global superior a 2,3 milhões de euros, para uma comparticipação financeira pública de 1,7 milhões.

No que diz respeito ao enoturismo foram aprovados um projecto da Ervideira, que contempla a ampliação da adega com a construção de um “Pavilhão de Enoturismo” destinado a provas e comercialização de vinhos, e outro da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, que visa a criação de um Centro de Dinamização e Promoção dos Vinhos do Alentejo, em Évora.

Em relação ao turismo de natureza, constam dois projectos: O primeiro consiste na criação de uma parque fluvial, baseado na albufeira de Cinco Reis e resultante do empreendimento de fins múltiplos de Alqueva; o segundo baseia-se na estruturação dos recursos e equipamentos da EDIA de forma integrada, assente nas dinâmicas turísticas associadas à água, natureza e cultura.

Finalmente, na área do cycling, o projecto a ser apoiado, promovido pela Entidade Regional de Turismo, abrange oito concelhos do Alentejo (Marvão, Castelo de Vide, Portalegre, Arronches, Borba, Redondo, Almodôvar e Ourique) e dois do Ribatejo (Coruche e Chamusca) e tem como objectivo a criação e dinamização de uma Rede Integrada de Centros BTT e Cycling.