Protesto dos polícias “prejudica gravemente o turismo” diz CTP

Em comunicado ontem difundido, a CTP considera que a acção de protesto que o Sindicato Nacional da Polícia levou a efeito este fim-de-semana, distribuindo panfletos no aeroporto da Madeira “representa uma ameaça séria à imagem de Portugal como destino seguro, atributo que todos os turistas valorizam”. Reconhecendo o papel fundamental das forças policiais enquanto garante da segurança, a CTP alerta no entanto para o facto de esta acção “poder provocar fortes danos na economia, colocando em causa não só os avultados investimentos feitos no sector do Turismo, mas também milhares de empresas e postos de trabalho”. “A segurança é uma das principais preocupações dos turistas no momento da escolha do seu destino de férias. Uma acção desta natureza tem um impacto devastador na imagem que os turistas levam para os seus países ou que transmitem aos seus amigos e familiares”, afirma Francisco Calheiros, presidente da CTP. “Certamente que irão ponderar a intenção de uma segunda visita ou de aconselhar o destino, se considerarem que a segurança estará posta em causa. Compreendemos o desânimo dos nossos agentes policiais, mas apelamos a que os mesmos procuram uma solução de diálogo e consenso e não uma medida de protesto que prejudica gravemente um dos sectores que mais contribui para a recuperação da economia nacional”, concluiu. M.F.