Qualificação e sustentabilidade na base da estratégia turística dos Açores

A secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores afirmou que a qualificação e a sustentabilidade do destino são “dois dos principais objectivos definidos no Programa do Governo como estratégicos para o desenvolvimento turístico na Região”.

Marta Guerreiro, que presidiu este sábado em Ponta Delgada, ao jantar de encerramento da 14ª Convenção Anual da Bestravel salientou que “a qualificação e a inovação, tanto ao nível dos produtos, como dos serviços, deverão ser permanentes, de forma a garantir a consolidação de uma oferta diferenciada e exclusiva para o turista, em sintonia com todas as componentes da nossa identidade turística”.

A governante regional destacou ainda o empenho em “promover a sustentabilidade interna da actividade nas suas vertentes ambiental, financeira e laboral, a par da sustentabilidade dos fluxos turísticos, para que o desenvolvimento do turismo seja, efectivamente uma componente fundamental da criação de emprego e de riqueza na Região”, para acrescentar que “perante os desafios cada vez maiores e os elevados níveis de competitividade a que estamos sujeitos, 2018 será marcado como ano onde a formação e qualificação assumirão um papel preponderante”, de forma “a elevar o nível de profissionalismo no atendimento, para que o capital humano à volta das empresas e serviços turísticos seja uma mais-valia para o sector e para a sua sustentabilidade”.

A secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo que recebeu, no encerramento da convenção da rede de agências de viagens a distinção atribuída aos Açores como ‘Best Destination’ do ano, reafirmou a aposta do arquipélago no segmento de turismo de eventos, salientando a “especial importância” deste encontro, que levou à região “mais de 200 agentes de viagens e operadores turísticos”.