Quinta do Martelo de novo galardoada com a “Green Key”

A Quinta do Martelo – Centro Etnográfico e Gastronómico nos Açores, foi distinguida, pelo décimo primeiro ano consecutivo, com o galardão internacional “Green Key” que distingue as boas práticas ambientais na área do turismo sustentável.

Em Portugal existem apenas três unidades que foram contempladas onze vezes com este galardão, desde que foi alargado ao nosso País, entre elas a Quinta do Martelo única unidade açoriana a receber esta distinção pelo 10º ano consecutivo.

O troféu “Green Key” é atribuído a empreendimentos que se preocupam com um melhor ambiente, destacando a tendência de garantir que o turista opte pela forma de actuação sustentável. Uma vez distinguidas, as unidades ficam obrigadas a melhorar ainda mais as condições pelas quais foram premiadas em edições anteriores.

Nos Açores, a Quinta do Martelo é pioneira na defesa e valorização do turismo em espaço rural e de natureza, tendo, ao longo de quase três décadas, sido reconhecida, por várias instâncias nacionais e internacionais, como um caso de êxito na articulação entre a exploração comercial turística e a preservação rigorosa da tradição, do ambiente e da verdade cultural e etnográfica do meio em que nasceu e desenvolve a sua actividade.

A unidade tem vindo a apostar na produção de bens alimentares próprios, por meios de cultura biológica, utilizados na confecção dos pratos que são servidos no restaurante do empreendimento, naquilo que hoje se referencia no conceito internacional como “farm-to-table”. Refira-se que este trabalho possibilitou à Quinta do Martelo a conquista do primeiro prémio nacional “Horta do Chef”, na única edição deste troféu realizada em Portugal.