Ranking da ICCA: Lisboa mantém 9º lugar, Portugal desce para 11º

No ranking relativo a 2017, Lisboa mantém a 9ª posição entre as cidades de todo o mundo mais requisitadas para congressos associativos internacionais. Já Portugal caiu uma posição no ranking mundial dos países, passando a ocupar a 11ª posição.

Depois de em 2016 Portugal ter subido dois lugares no relatório da Associação Internacional de Congressos e Incentivos, tendo figurado no 10º lugar, já no que se refere aos dados de 2017 divulgados esta segunda-feira pela ICCA – International Congress and Convention Association, Portugal desce uma posição, ficando agora fora do TOP 10, figurando em 11º lugar. Mesmo assim, segundo a ICCA, o nosso país até recebeu mais eventos que no ano anterior, concretamente mais 10, tendo acolhido um total de 298 eventos em 2017.

O ranking de países é liderado pelos Estados Unidos, seguindo-se a Alemanha e o Reino Unido. O Top 10 é ainda constituído por Espanha, em quarto lugar, Itália, França, Japão, China, Canadá e Holanda.

Já no que toca ao ranking mundial das cidades, Lisboa mantém-se na 9ª posição, com 149 eventos. A liderar em 2017 esteve Barcelona (195 eventos) que destronou Paris que caiu para a segunda posição, acompanhada de Viena (ambas com 190 eventos). Berlim, Londres, Singapura, Madrid e Praga, ocupam as posições imediatamente abaixo, até ao 8º lugar. No Top 10, depois de Lisboa está ainda Seoul.

Na informação divulgada, a ICCA sublinha o facto de 2017 ter sido “mais um ano de sucesso para os congressos associativos internacionais”. A Associação fala de um “número recorde de 12.558 congressos associativos internacionais, mais 346 que em 2016”, concluindo que este foi o maior número de eventos registados desde que esta entidade apresenta os seus rankings anuais.