Receitas hoteleiras na Madeira podem ultrapassar os 320M€

José Alberto Cardoso, membro da mesa da hotelaria da ACIF, afirmou que a Madeira deverá ultrapassar os 320 milhões de euros de receitas hoteleiras em 2016, contra os cerca de 312 milhões de euros verificados em 2015, acompanhando o cenário de crescimento que se verifica em todo o país.

“Mesmo com os incêndios que assolaram a Região, vamos superar e vamos conseguir ter um ano ainda melhor do que 2015 e, pelo que me tenho apercebido, 2017 continuará com a mesma onda de crescimento”, declarou o dirigente à imprensa regional.

No entanto, José Alberto Cardoso refere que “falta-nos é uma conta satélite que nos permita saber realmente quanto é que vale o sector turístico na Madeira”, considerando que apesar deste números, “não sabemos concretamente o que sector representa num todo”, para acrescentar que “conhecemos os números das receitas hoteleiras, mas as receitas totais do turismo, que incluem também empresas de animação turística, de restauração e outras ligadas ao ramo, não as podemos contabilizar”.

De acordo com os dados da Direcção Regional de Estatística da Madeira, a hotelaria madeirense manteve este ano a trajectória de crescimento, com as principais variáveis a registarem aumentos homólogos superiores à média nacional.

Em Junho de 2016, verificou-se aumentos de 10,9% nas dormidas, 15,7% nos proveitos totais e 20,3% nos proveitos de aposento. A nível nacional, pela mesma ordem, as subidas observadas nestes indicadores foram de 9,6%, 15,2% e 15,5%.