Regent Seven Seas Cuises encomenda novo navio

A companhia de cruzeiros Regent Seven Seas Cruises vai contar com um novo navio de cruzeiros no Verão de 2016, o Seven Seas Explorer, navio que vai ser construído no estaleiro italiano de Fincantieri e que deverá ter capacidade para 738 passageiros. O navio, o primeiro que a companhia anuncia em mais de uma década, será uma luxuosa embarcação, com 5% mais de capacidade que os maiores navios que a companhia opera actualmente, contando com 54 mil toneladas de arqueação bruta. Tal como os navios Seven Seas Voyager, que se encontra em renovação, devendo voltar ao serviço a 14 de Outubro, e Seven Seas Mariner, também o novo navio vai contar apenas com suites, estando orçado em 450 milhões de dólares, tornando-se no ?mais caro navio de luxo alguma vez construído?, como refere a companhia, segundo a imprensa internacional. O navio vai oferecer um dos mais altos índices de sempre de espaço para os passageiros num navio de cruzeiro, contando com 369 suites com áreas entre os 91 e os 457 metros quadrados, seis restaurantes gourmet, Spa e duas salas de espectáculos. Com a introdução do Seven Seas Explorer, que pretende competir com as mais recentes novidades das luxuosas companhias rivais da Regent Seven Seas Cruises, como a Seabourn Cruise Line, a Silversea Cruises e a Hapag-Lloyd Cruises, aumenta em 40% a capacidade da frota. I.M.