Regiões do Sul e Leste da UE lideram subidas no tráfego de passageiros

O tráfego de passageiros nos aeroportos europeus conheceu um aumento médio de 8,2% em Maio quando comparado com o mesmo mês do ano anterior. As regiões do Sul e Leste da União Europeia, incluindo Portugal superaram claramente a média da procura.

A ACI Europe – Conselho Internacional dos Aeroportos da Europa diz que nesta região, com um total de 15 países, registaram-se crescimentos de dois dígitos: Portugal, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polónia, Roménia e Eslovénia.

Tanto a União Europeia como os países europeus não comunitários impulsionaram esta evolução, com um aumento de tráfego, no mês de Maio, de 7,7% e 9,9%, respectivamente.

Na lista dos aeroportos europeus não comunitários, a Rússia lidera o crescimento do tráfego de passageiros no mês em análise, seguidos da Islândia, Geórgia, Ucrânia e Moldávia.

Durante o mês de Maio, os aeroportos do Grupo 1 (mais de 21 milhões passageiros) reportam um aumento de tráfego de 5,1%, do Grupo 2 (entre 10 e 25 milhões), 11,8%, do Grupo 3 (entre 5 e 10 milhões de passageiros), 8,8%, e os do Grupo 4 (menos de 5 milhões de passageiros) subiram 10,8%.

Da lista dos aeroportos que registaram maiores subidas de tráfego de passageiros durante Maio último, face ao mesmo mês de 2016 estão Faro (+16,9%) e Porto (+15,1%).