Reitor do Santuário pede mais “esforço” ao Turismo de Portugal na promoção de Fátima

Em entrevista à Agência Ecclesia, o reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, diz que o Turismo de Portugal, enquanto responsável pela promoção turística externa, não está a fazer “o esforço que seria necessário” para “levar o nome de Fátima além-fronteiras”.

“Não me parece que a divulgação de Fátima seja feita com grande vigor ou entusiasmo”, considera o responsável do Santuário para quem Fátima “continua a ser o parente pobre” em termos de promoção turística, continuando também a não ser suficientemente valorizada.

Na mesma entrevista Carlos Cabecinhas elogia os agentes turísticos locais que “têm a preocupação de levar Fátima além-fronteiras” e reconhece haver “sinais positivos” por parte da Turismo Centro de Portugal que, segundo o responsável, “tem tido o cuidado de dizer que o turismo religioso é uma prioridade e de apontar destinos concretos, nomeadamente Fátima”.