Restauração emprega maioritariamente mulheres

Os postos de trabalho no sector da restauração e bebidas são ocupados maioritariamente por mulheres, com uma representação de 57% do total da população empregada, o que equivale a 144,3 mil postos de trabalho, revela um relatório da AHRESP.

Baseando-se em dados do INE, o estudo conclui que o emprego no sector da restauração e bebidas aumentou 16,1% entre 2016 e 2017, o que se traduziu em mais de 35 mil novos postos de trabalho, distribuídos pela NUTS II do continente(que compreende Norte, Centro, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo, Algarve).

O perfil do emprego neste sector indica ainda que o grupo etário com mais postos de trabalho encontra-se no intervalo de 45 e mais anos, com 104,6 mil postos de trabalho (41% do total), sendo que este grupo é o predominante em todas as regiões, com destaque para o Norte, onde representa 46% do total.

Quanto a habilitações literárias, os grupos do ensino secundário, pós secundário e superior, representam 35% do total das habilitações. As regiões do Centro e do Algarve são as que mais empregam nestes segmentos, com 40% e 41%, respectivamente.

Num sector em que predomina a população empregada por conta de outrem, que representou 73% do total em 2017, com 183,8 mil postos de trabalho, o vínculo laboral a tempo completo, representou 217,8 mil postos de trabalho o ano passado, o que se traduziu em 86%.