Revelado na GTM: Dormidas de portugueses na Alemanha cresce 12,6 em 2015

Em 2015 visitaram a Alemanha quase 145 mil turistas portugueses, contra os cerca de 131 mil que estiveram naquele país em 2014, que produziram 380 mil dormidas, um aumento de 12,6% face ao ano anterior, que se saldou em mais de 337 mil noites.

Apesar de representar apenas 0,5% do share dos turistas internacionais que anualmente visitam a Alemanha, quando comparado com os países como Espanha, França e Itália, em percentagem de dormidas, Portugal foi o que mais cresceu.

Estes números foram revelados durante a 42ª edição da Germany Travel Mart (GTM), o mais importante evento de vendas da indústria do turismo para a Alemanha, que decorreu de 17 a 19 deste mês em Magdeburgo, capital da Saxônia-Anhalt. Uma oportunidade também chamar mais atenção para os destaques culturais e históricos, e ao mesmo tempo mostrar aos profissionais do turismo e ao mundo a cidade do imperador Otto.

A Alemanha não é um dos principais destinos de férias dos portugueses. No entanto, alguns operadores turísticos em Portugal programam circuitos pelo país e existe uma grande procura em termos de city breaks, designadamente para as cidades mais conhecidas e importantes. Nesta edição da GTM estiveram presentes apenas dois colaboradores da Agência Abreu, sendo um ligado ao operador e o outro à Abreu online.

Todos os anos, esta plataforma B2B de turismo receptivo para a Alemanha junta especialistas e decisores internacionais da indústria de viagens e turismo, bem como jornalistas especializados de todos os principais mercados de origem, para descobrir as mais recentes tendências, desenvolvimentos e produtos turísticos da Alemanha.

O GTM é organizado pelo Conselho Nacional do Turismo Alemão (DZT) em parceria com uma região ou cidade diferente cada ano. Em 2017 o encontro está marcado para a cidade de Nurembergue, localizada a Norte do Estado da Baviera.

Petra Hedorfer, directora executiva da DZT afirmou na Conferência de Imprensa, que antecedeu a abertura da Feira, que o facto de a GTM continuar a atrair profissionais de turismo de 45 países mostra a importância o destino Alemanha como país receptor de turistas.

Em 2015 o número de dormidas de estrangeiros na Alemanha foi de ause 79,7 milhões, um resultado considerado recorde pelo sexto ano consecutivo. De acordo com o serviço de estatísticas alemão, o número de dormidas de visitantes do exterior em estabelecimentos com pelo menos 10 camas subir 4,1 milhões o ano passado, um aumento de 4,5%, e a tendência de crescimento continua em 2016. Só nos primeiros dois meses deste ano já houve um aumento de 6% no volume de dormidas de hóspedes internacionais.

De acordo com Petra Hedorfer “Os números de 2015 excederam as nossas próprias expectativas e as previsões da OMT, que assumiram um aumento global no tráfego de turismo de cerca de 3% a 4%, acrescentando que “a Alemanha está a provar ser um motor de crescimento, mesmo em comparação com os países da Europa que têm sido tradicionalmente os principais destinos turísticos. Perspectivamos continuar em alta em 2016. No entanto, devido a vários elementos de incerteza – incluindo a situação de segurança na Europa e em todo o mundo, as condições difíceis da economia global e da crise de refugiados – a nossa previsão é de uma taxa de crescimento ligeiramente mais lenta de cerca de 1% a 3%”.

Alemanha continua a ser o destino número um de city break para os europeus. Este segmento de viagens verificou em 2015 um aumento de 5% face ao ano anterior, atingindo cerca de 10 milhões de visitantes.Cultura e natureza são os dois elementos centrais que continuam a atrair turistas internacionais à Alemanha e o DZT utiliza os grandes eventos como oportunidade para promover os aspectos particulares do destino.