Revisão do Plano de Ordenamento Turístico dos Açores vai entrar em consulta pública

No segundo semestre deste ano, será colocada a consulta pública a revisão do Plano de Ordenamento Turístico dos Açores (POTRAA), um instrumento fundamental para reforçar a articulação e a coerência do crescimento que este sector tem registado na Região.

O anúncio foi feito esta quinta-feira pelo presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro que adiantou que “a nossa preocupação e o nosso cuidado centram-se, agora, na forma como o desenvolvimento turístico é devidamente orientado com o objectivo de garantir não só a sustentabilidade económica, mas também a sustentabilidade social e ambiental”.

O Presidente do Governo falava após ter visitado o empreendimento turístico ‘Lava Homes’, composto por vários apartamentos, num total de 56 camas, candidatado ao sistema de incentivos Competir+ e que mereceu a classificação de Projecto de Interesse Regional (PIR), e que representa um investimento de cerca de 2,4 milhões de euros.

Em declarações aos jornalistas, Vasco Cordeiro adiantou que o trabalho que foi feito de revisão do POTRAA permitirá que a região fique dotada de um instrumento de ordenamento e de qualificação da oferta para que o turismo possa, cada vez mais, ser um factor de criação de emprego e de riqueza.

As perspectivas de crescimento do sector do turismo, conforme equacionadas no âmbito da revisão do POTRAA, têm por referência um cenário que permite atingir intensidades e densidades turísticas equilibradas e que respondem à estratégia perseguida, nomeadamente o reconhecimento e consolidação dos Açores como um destino turístico sustentável.