Riga e Umeå no centro da cultura europeia em 2014

Riga, capital da Letónia, e Umeå na Suécia, são as duas cidades que vão ostentar, em 2014, o titulo de Capital Europeia da Cultura. Como Capital Europeia da Cultura 2014, título que divide com Umeå, na Suécia, Riga quer atrair visitantes, é claro, mas acima de tudo virar as acções para a sua população, e sem investimentos de grande monta, já que a capital da Letónia apenas dispõe de 24 milhões de euros divididos entre os preparativos e o evento. O evento de abertura das comemorações vai ter lugar na rua e os participantes serão a própria população que irá formar uma corrente humana desde a antiga Biblioteca Nacional, nos arredores do centro histórico, até à nova Biblioteca, na outra margem do Rio Daugava, para, de mão em mão, transferirem os livros de um prédio ao outro. Também no fim de semana de abertura em Janeiro, a Ópera Nacional da Letónia estreia uma montagem multimédia de Rienzi, de Richard Wagner que iniciou a composição da ópera durante seu período como mestre de capela em Riga, entre 1837 e 1839. Porque a música é de grande importância na Letónia, em meados do ano, 20mil participantes de quase 90 países vão encher as praças e ruas da capital com seu canto, na competição coral World Choir Games. Além disso, durante todo o ano será realizada uma série de concertos. No total, a programação de Riga 2014 abrange cerca de 200 eventos e projectos culturais. A apenas 150 km do Círculo Polar, Umeå, na província de Västerbotten, é outra Capital Europeia da Cultura 2014. No centro da programação estão as oito estações do calendário lapão: o tempo do despertar na Primavera; o do retorno no início do Verão, o crescimento no alto Verão, a reflexão no Verão tardio; a colheita no Outono, o vigor no fim do Outono; o tempo da peregrinação no Inverno, e o dos cuidados, no fim do Inverno. Com um orçamento de 40 milhões de euros, os organizadores do evento pretendem mostrar tanto o lado antigo como o lado mais jovem da cultura. Por isso, entre as muitas iniciativas, vai contar-se a apresentação da ópera Elektra, de Richard Strauss (encenada pelo centro de eventos culturais NorrlandsOperan em cooperação com o grupo catalão La Fura dels Baus) mas também haverá um torneio juvenil de futebol e concertos heavy metal e punk. M.F.