Roadshow de Cuba: Operadores homenagearam Johana Tablada

A poucos meses de deixar o nosso país, a Embaixadora de Cuba, que garante não dizer adeus, leva Portugal no coração e um coração bem português ao peito, uma homenagem que os operadores turísticos Sonhando, Solférias e iTravel lhe prestaram no encerramento do Roadshow de Cuba, em Lisboa.

                        

Já é conhecido que a Embaixadora de Cuba em Portugal, Johana Tablada, vai deixar o nosso país. Por isso, e pelo trabalho realizado, que as gentes do turismo reconhecem como extremamente importante, os operadores Sonhando, Solférias e iTravel aproveitaram o encerramento do Roadshow de Cuba em Lisboa para homenagear a Embaixadora. Fizeram-no de uma forma singela, oferecendo-lhe uma peça que, afinal dispensa muitas palavras: um coração de Viana, em filigrana.

Foi esta a forma encontrada para agradecerem o trabalho desenvolvido por Johana Tablada à frente d Embaixada de Cuba em Portugal. Um trabalho que foi de grande proximidade às gentes do turismo e que, conforme sublinhou José Manuel Antunes, director-geral da Sonhando, foi essencial enquanto promoção do destino Cuba.

Garantindo que “nunca vou dizer adeus a Portugal”, a Embaixadora falou uma vez mais do seu país, do que ele tem para oferecer aos turistas e da forma recíproca como os operadores trabalharam com a Embaixada e com Cuba, contribuindo de forma decisiva, com as suas operações charter, para o significativo aumento do número e turistas portugueses em Cuba. “De 2012 a 2016 o número de turistas portugueses em Cuba triplicou, passando de 7.000 para 25.575”, sublinhou, acrescentando que “o número de cubanos a visitar Portugal também aumentou bastante”.

Focando as relações entre os dois países, Johana Tablada sublinharia o acorde de turismo que minutos antes tinha sido assinado, no seu país, entre a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e o ministro de Turismo de Cuba.