“Rostos do Turismo”: Maria José Catarino membro do Conselho de Administração da Hoti Hotéis

Maria José Martins Catarino, licenciada em Finanças pelo Instituto Superior de Economia de Lisboa, é desde 2013 membro do Conselho de Administração, não executiva, da Hoti Star, Portugal Hotéis, e consultora para a área financeira a empresas em regime de profissão liberal, desde Março de 2012.

A sua experiência no sector do turismo é longa, nomeadamente na área financeira. Maria José Catarino foi vogal do conselho directivo do Turismo de Portugal, I.P. (Agosto 1998 a Novembro de 2011), membro do conselho geral do FINOVA – Fundo de Apoio ao Financiamento à Inovação (2008 a 2011), e representante do Instituto de Turismo de Portugal na comissão de acompanhamento do POFC – Programa Operacional Factores de Competitividade (2007 a 2011).

Maria José Catarino presidiu o conselho de administração da TC Turismo Capital SCR, S.A. (2007 a 2011) e o conselho de administração da TF Turismo Fundos SGFII, S.A. (2007 a 2010). Foi vogal do conselho de administração da LISGARANTE – Sociedade de Garantia Mútua, S.A., entre 2005 e 2011, vogal do conselho de administração da ENATUR – Empresa Nacional de Turismo, S.A, de 2003 a 2011 e presidente da mesa da assembleia-geral da SPGM – Sociedade de Investimento, S.A. (2003 a 2011).

Ocupou ainda cargos de vogal do conselho de administração da F.Turismo – Capital de Risco, S.A. (2003-2007), vogal do conselho de administração da F.Turismo – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário, S.A. (2000-2007), vogal do conselho de administração da SPGM – Sociedade de Investimento, S.A. (2000-2003), e presidente do conselho especializado de investimento do Fundo de Investimento Imobiliário Turístico – II (2000).

Ao longo do seu vasto percurso profissional, Maria José Catarino representou o Instituto de Turismo de Portugal na unidade de gestão e nas comissões de acompanhamento e de orientação do Programa de Incentivos à Modernização da Economia do III Quadro Comunitário de Apoio, interlocutora da componente “Turismo”, nas reuniões do Comité de Acompanhamento do Subprograma Turismo e Património Cultural, do Programa de Modernização do Tecido Económico do II Quadro Comunitário de Apoio, e chefe de projecto da estrutura de apoio técnico da componente “Turismo” da Intervenção Operacional Turismo e Património Cultural do II Quadro Comunitário de Apoio (1994-1998).

Entre 1990 e 1998, esta profissional exerceu cargos de coordenadora dos Serviços Técnicos do Fundo de Turismo, entre 1985 e 1990, técnica superior do quadro do Fundo de Turismo e entre 1973 e 1985, técnica da Direção Geral do Equipamento Escolar.